(21) 3400-7688 // 9754-56945 (Whatsapp) contato@turistafc.com.br

Ninguém diria que um menino da Ilha da Madeira seria a principal referência de espetáculo na terra do flamenco. E que esse espetáculo seria através do futebol com tantas glórias conquistadas, inclusive ser o melhor do mundo por 5 vezes. Cristiano Ronaldo dos Santos Aveiro é o nome do menino que, atualmente com 33 anos, trilhou um longo caminho para alcançar o sucesso.

Faz 9 anos que o Real Madrid abriu suas portas para o craque português. O time madrilenho e seu Santiago Bernabéu são a residência oficial dos shows do El Gajo desde 2009. Seu endereço atual fica a mais de 4 mil km de Funchal, Ilha da Madeira, sua terra natal. Mas a distância não significaria nada em comparação ao talento promissor do atleta mais bem pago no mundo em 2017.

 

Baía de Funchal, Ilha da Madeira. Terra natal de Cristiano Ronaldo.

 

Cristiano Ronaldo, el gajo prodígio

Cristiano Ronaldo despontou os olheiros europeus quando atuava pelo Sporting e com 18 anos foi contratado pelo Manchester United. A equipe pagou 15 milhões de euros pelo passe e um salário anual de 2 milhões de euros por 5 anos.

Jogando nos Red Devils, o jogador ganhou muitos títulos e alcançou marcas impressionantes pelos 6 anos que ficou. Além do tricampeonato da Premier League e a artilharia em 2008 com 31 gols em 34 jogos, ele foi campeão e artilheiro da Champions no mesmo ano.

 

Cristiano Ronaldo com o troféu da Champions League em 2008 pelo Manchester United.

Cristiano Ronaldo com o troféu da Champions League em 2008 pelo Manchester United.

 

Apesar de ter renovado em 2007 por 9,1 milhões de euros anuais, ele decidiu ir a novos ares. O Real Madrid fez dele o jogador mais caro na época. Ele foi vendido por 94 milhões de euros e em 2011 ganharia 12 milhões de euros anuais.

O lado financeiro prosperava, mas dentro das 4 linhas estava aquém do que se esperava do Cara de Madrid devorador de títulos. O Barcelona estava no auge com Messi e cia conquistando o bicampeonato da La Liga e encantando o mundo. O Real Madrid foi vice nesses anos e se sagraria campeão na temporada 2011-2012.

Nos aspectos individuais, mesmo com médias de gols impressionantes, Messi se destacava ganhando 4 prêmios de melhor do mundo seguidos.

 

Cristiano Ronaldo e Messi.

Cristiano Ronaldo e Messi.

 

Persistência lusitana

Discursando após receber o prêmio de Melhor do Mundo em 2013.

 

Apesar de todas as dificuldades de se consolidar com títulos coletivos e individuais, o menino de Funchal continuou a persistir. Aos poucos ele foi recolocando o seu nome no topo da glória. Os títulos da Champions vieram em 2014, 2016 e 2017 e voltou a ser o melhor do mundo em 2013.

Mas em 2016 finalmente veio o êxito de ser campeão da Europa por duas vezes. Uma pelo seu time na Champions League e outra pela seleção de seu país. Liderados por Cristiano Ronaldo, os portugueses conquistaram o título inédito da Eurocopa em uma final emocionante contra a França.

 

Beijando a taça da Eurocopa de 2016 após 1x0 sobre a França.

Beijando a taça da Eurocopa de 2016 após 1×0 sobre a França.

 

As conquistas ainda aumentariam quando mais uma vez foi campeão da La Liga e da Champions em 2017. Os últimos êxitos resultaram na consagração como o melhor do mundo pela quinta vez na carreira.

Atualmente as projeções poderiam ser melhores. O Real Madrid está longe de ser campeão espanhol na temporada, porém recuperou seu encanto avançando às quartas da Champions. Mas nada pode ser páreo para um craque com 645 gols marcados na carreira, ou o atleta mais bem pago do mundo com um ganho total de 93 milhões de dólares em 2017. Sem contar com alguém que já faturou 60 milhões de euros com a Champions e é o garoto propaganda que já rendeu 500 milhões de dólares em valor de marca para a Nike. O show tem que continuar e El Gajo sabe disso. Afinal, antes de ser dono do show em Madrid, Cristiano Ronaldo é dono de si.

 

Turista FC leva você para ver o dono do show em Madrid

Com Turista FC você tem ingressos garantidos para ver Cristiano Ronaldo no próximo Barcelona x Real Madrid no Camp Nou. No Pacote El Clásico (4 noites em Barcelona), está incluso a hospedagem (com café da manhã), seguro viagem, traslado entre o aeroporto e o hotel.

Você também pode acompanhar de perto o El Clásico no Pacote Triplice Coroa. Nele, Barcelona é apenas o início de uma jornada de 12 dias por 3 lugares magistrais da Europa. Você pode conferir no post Tríplice Coroa: Uma jornada de 12 dias pela Europa.

Entre em contato com a gente e marque já a sua presença nessas experiências imperdíveis!

 

 

 

Share This
%d blogueiros gostam disto: